Nem só de vela vive o homem

Em nossa longa (bota longa nisso!) estadia no ICRJ, fizemos um passeio à velha e boa Paquetá.
Lá, apesar da poluição da Baía da Guanabara, ainda resiste a história, o charme e a beleza da ilha.
Uma das coisas boas é que por lá é proibido qualquer veículo motorizado, inclusive motos. Ou seja, ou se anda a pé, ou de charrete ou de bicicleta, essas últimas alugadas a 3 reais por hora e as mais populares entre os moradores…

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.