Expedição Tietê-Paraná – Dia 5

A prefeitura de Iacanga nos ofereceu um ônibus e um assessor da área de turismo nos acompanhou por um city tour. Primeira parada foi na rádio local onde o Paulo e eu demos uma entrevista no programa local ao vivo. Após a entrevista fomos recebidos para um almoço onde nos foi oferecida carne de javali de um criador local.
Após este farto almoço conhecemos o lago e o aquário da cidade recém inaugurados onde pudemos observar uma série de espécimes nativos do Tietê.
Logo em seguida fomos ao Quilombo. Para nossa surpresa, o quilombo não era exatamente o que estávamos esperando, mas sim um bairro que abriga uma nascente de águas medicinais (que segundo os locais se compara somente às fontes de Vichy) que hoje, sob administração nipônica, recebe basicamente excursões para banhos e relaxamento. No mesmo local existe uma engarrafadora de água que visitamos e pudemos aprender como funciona o processo de envasamento de garrafas e copinhos descartáveis.
Após a visita ao Quilombo, paramos em um apiário onde pudemos aprender sobre a produção de mel, própolis e geléia real e aproveitamos para comprar algumas dessas iguarias para degustar durante a expedição.
Como nossa expedição gastronômica ainda não estava completa, paramos em uma queijaria, onde a dona nos recebeu com uma degustação de queijos maravilhosa e, é claro que também ali abastecemos com alguns acepipes para nossa próxima travessia.
A noite jantamos no mesmo restaurante e nos despedimos dessa maravilhosa cidade.

Viaje conosco pelo Tietê

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Expedição Tietê-Paraná – Dia 5

  1. Ahahahah, deste jeito comendo toda a produção agrícola do estado, vão precisar de uma barcaça para continuar a viajem !!!!!!

Os comentários estão fechados.