Vitória

Um dia o Vitor (veleiro Simbad) me disse que tinha começado um refrão pra uma música em homenagem à cidade de Vitória (ES) mas que não havia terminado. Perguntou se eu não queria terminar a letra. Fiquei lisongeado e ao final, nossa música ficou assim:

Lembro dessa estória sempre a me contar
O Palácio Anchieta abençoando o mar
Nossa Vila Velha, linda, antiga capital
Soprando seu murmúrio, vento forte temporal

Coisas tão bonitas e guardadas pra ficar
Em nossa memória nesse céu e mar
O povo capixaba toca nesse mar de encanto
Vou pedir a benção, para o Espírito Santo

ôô ôô pra Vitória eu vou…
Êê ê á, no balanço do mar…

Na Praia do Canto tardes pôr-do-sol
Sonho uma canção cantada em lá bemol
Na cidade alta com histórias de andanças
Deixar que a brisa traga, toda essa lembrança

Vou sentir na pele sofrer por partir
Saber que vou voltar é que me faz sorrir
Óh, ilha tão bela verde mar, cor infinita
Vitória é como um conto na memória mais bonita

ôô ôô pra Vitória eu vou…
Êê ê á, no balanço do mar…

Ouça aqui

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Vitória

  1. Sérgio diz:

    Oh meu amigo Ricardo ,por esta não esperavamos alem de velejador/lavador de roupas/cozinheiro/comandante de lancha/desintupidor ,entre outras coisas que ainda não descobrimos ! mas vamos..agora compositor.só podemos te dar Parabens …Linda composição e c/ um ritmo muito legal..ja gravei..abraços Sérgio/Rita

  2. tangatamanu diz:

    Hehehe, sou um cara multimídia…🙂
    No bom sentido, hehehe

Os comentários estão fechados.