Farol de Abrolhos fez 150 anos !


O Farol de Abrolhos completou, no dia 8 de maio de 2011, 150 anos de sua inauguração. Aliás, o radiofarol de Abrolhos. A diferença? Alem de emitir luz, os radiofaróis emitem sinais de rádio que auxiliam na localização as embarcações.
Em ferro fundido, sua construção data do segundo império, em 1861, e foi pré-fabricada na França, trazida ao Brasil e montada em Abrolhos na Ilha de Santa Bárbara, a maior do arquipélago.

Foi construído com o propósito de tornar segura a navegação das embarcações que faziam a rota marítima entre Salvador e os portos do Sul do País, tornando-se, desde então, um dos mais importantes do Brasil, fazendo com que o número de acidentes, naquele trecho, fosse reduzido a nível próximo de zero.

Tem 22 metros de altura e em relação ao nível do mar, já que está em cima do ponto mais alto da Ilha de Santa Bárbara. No total tem uma altitude de 60 metros. Suas lentes em funcionamento, são uma das duas únicas chamadas “lentes de Fresnel” fabricadas por Barbier & Bernard (a outra encontra-se no Farol da Ilha Rasa, no estado do Rio de Janeiro). Uma lente de Fresnel é um tipo de lente inventada pelo físico francês Augustin-Jean Fresnel.

Foi criada originalmente para uso em faróis de sinalização marítima, e seu desenho otimiza a construção de lentes de grande abertura sem o peso e quantidade de material que seriam necessários a uma lente convencional. São bem mais finas, permitindo a passagem de mais luz. Por isso os faróis com elas equipados são visíveis a distâncias bem maiores. Juntamente com o Farol da Ilha Rasa, o farol de Abrolhos (cujo alcance é de 51 milhas náuticas) é o mais potente do mundo, só sendo ultrapassado em alcance, pelo farol aéreo de Tetuan em Marrocos, com 54 milhas náuticas de alcance.

Independentemente de sua história ou importância, a beleza singular do farol, localizado a milhas de qualquer terra, surpreende e nos deixa maravilhados. Sua imponência é sentida quando se está bem em baixo, e olhamos para cima. Um verdadeiro edifício de ferro. Sua magia é ímpar. Seja lá dentro, subindo seus intermináveis degraus em caracol para depois ver o pôr-do-sol mágico de Abrolhos ou ainda quando, à noite, sentamos no cockpit para namorar tomando um vinho branco ao suave balanço do mar, com uma brisa leve e sua luz branca, de tempos em tempos, nos banhava girando… girando…
Acho que jamais vou esquecer esses momentos.

Parabéns rádio-farol de Abrolhos. Muitos anos de vida. Que sua luz continue a guiar as embarcações com segurança, e a testemunhar casais apaixonados que visitam suas terras, longe, perdidas no mar…

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.