Aventuras e aventureiros…

E lá foi o Tangata e sua tripulação de férias, finalmente. Na verdade ainda estamos pingando pela ilhas e praias entre Angra e Paraty. Os posts desse período vão ficar mais pra frente, basicamente por três motivos: falta de tempo, falta e sinal de internet e vadiagem mesmo. Às vezes temos sinal, mas estamos ocupados experimentando uma caipirinha nova (caiçarinha, astronauta, serena – algumas misturas do tipo maracujá e limão ou outras invencionices locais), mergulhando passeando… Outras – como no lado de fora da Ilha Grande ou outros locais distantes, não existe sinal. E ainda existe a possibilidade de quando há sinal e tempo, simplesmente a preguiça bate fundo no peito.
Não é à toa que na minha camiseta está escrito 100% vagabundo velejador.
Mas para dar um gostinho do que vem por aí no blog deixo uma das fotos que tiramos na praia do Aventureiro, com seu famoso coqueiro torto. Do lado esquerdo podemos ver o Tangata, atrás de um pesqueiro.
Estávamos voltando de Parnaioca, outra praia do lado de fora da Ilha Grande onde pernoitamos (prometo um post só sobre Parnaioca, um paraíso na terra!) e não resistimos parar no Aventureiro. Apesar do mar um pouco mexido e rolões que entravam de NE (Aventureiro é aberto exatamente para esse lado), conseguimos um cantinho bom para fundeio e demos sorte: não havia embarcações além dos pescadores.
Depois conto mais. Agora tenho que limpar uns camarões gigantes que compramos por aqui perto da ilha do Cedro… O trabalho me chama…

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Aventuras e aventureiros…

  1. Sergio Chagas diz:

    Parabéns e aproveite bem esse paraiso
    Abraço
    Chagas veleiro Intuição

  2. miriam diz:

    eita cara, larga de ser vagal. Fala sério!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ocê tá de férias do trabaio, não do brog. Se ajeite sô!!!!
    bjs miriam

  3. Eduardo Schwery diz:

    Ricardo,
    Chega de moleza !
    BV,
    Eduardo Schwery
    REGWELL – Paraty

Os comentários estão fechados.