As cores de Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade colorida. Pelo menos no verão e nos domingos, na feira de Santelmo. Pra quem nunca foi, é uma espécie de feira de antiguidades e artesanato. Mas dá de tudo. Artistas de rua, coisas legais, bregas e gente de tudo que é lugar. Pode-se (deve!) passar um domingo todo lá. Na hora do almoço, um dos cafés ou o mercado municipal supre suas necessidades básicas de cerveja gelada, empanadas, ou café mesmo, com ou sem os deliciosos e típicos alfajores.
Pelas ruelas adjacentes à praça principal (a feira começou lá e hoje espalhou-se por vários quarteirões), ficam cantores, grupos musicais, dançarinos, marionetistas, artesãos, e uma miríade de gente vendendo tudo o que se pode imaginar. De capacetes da segunda guerra a bijuterias, passando por placas antigas de automóveis e garrafas de água gaseificada.

Se você for à Argentina, atente para a hora do vôo da volta do domingo: deixe pelo menos a manhã livre pra passear por lá, com tempo de tomar um taxi e voltar pro hotel até umas duas da tarde. E deixe um espacinho na mala pra trazer alguma bugiganga de Santelmo. Os preços convidativos vão te deixar louco. Veja aqui em baixo algumas dessas cores de Buenos Aires… (Clique sobre a foto para ampliar!).

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.