Abrolhos, aí vamos nós!

Com a parada da flotilha do Costa Leste em Abrolhos, e nossa “ficada” em Sampa (na verdade estivemos tomando chuva em Paraty esta semana) ficamos literalmente a ver navios e imaginando, lembrando e sonhando através das fotos dos amigos que subiram a costa. Mas eis que surgiu uma oportunidade. Este ano nós (ABVC) organizamos um mergulho por lá, com uma operadora. Aí surgiu a pergunta: porque não aproveitar e fazer um mergulho com a turma? E quem sabe depois Santo André? E da pergunta os planos, a organização e “voilà”! Esta madrugada embarcamos num vôo até Porto Seguro, de lá uma condução para Caravelas e depois Abrolhos. Afinal, a Heineken mandou muita cerveja pra lá e precisamos apoiar o evento…
😉

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , ,

Revistas do mês trazem artigos do Tangata

As revistas Náutica e Perfil Náutico que estão nas bancas trazem artigos cujo conteúdo é de autoria deste blogueiro que vez por outra ousa invadir a web com alguma coisa pretenciosamente útil.
Desta vez, a Revista Náutica trouxe 2 páginas sobre nosso livro “Uma família pela Costa Leste”, com uma bonita edição do jornalista Jorge de Souza.
Por sua vez, a Perfil Náutico do meu amigo e competente editor Marcelo Buda, traz um artigo de 3 páginas sobre meteorologia, além de outro de 1 página sobre vela e sustentabilidade. Se você não conhece ou não assina essas revistas, aconselho: sempre é tempo. Elas (além claro da nossa querida Velejar), trazem o que há de mais recente no mundo da náutica. Claro, um blog é mais atual pois pode ser escrito até pelo celular. Mas eu ainda sinto prazer em pegar o papel nas mãos e sentar no sofá para ler. Sofá? Cama, banheiro, escritório e claro, no veleiro. Sem aquele reflexo chato das telas, com um tamanho que meus olhos de 40’ntão podem enxergar. Nada como…

Náutica …. e Perfil

Nem adianta clicar que não vai aumentar. Afinal se está nas bancas você tem que comprar e prestigiar, né?!

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 2 Comentários

As cores de Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade colorida. Pelo menos no verão e nos domingos, na feira de Santelmo. Pra quem nunca foi, é uma espécie de feira de antiguidades e artesanato. Mas dá de tudo. Artistas de rua, coisas legais, bregas e gente de tudo que é lugar. Pode-se (deve!) passar um domingo todo lá. Na hora do almoço, um dos cafés ou o mercado municipal supre suas necessidades básicas de cerveja gelada, empanadas, ou café mesmo, com ou sem os deliciosos e típicos alfajores.
Pelas ruelas adjacentes à praça principal (a feira começou lá e hoje espalhou-se por vários quarteirões), ficam cantores, grupos musicais, dançarinos, marionetistas, artesãos, e uma miríade de gente vendendo tudo o que se pode imaginar. De capacetes da segunda guerra a bijuterias, passando por placas antigas de automóveis e garrafas de água gaseificada. Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

Navegando em baixo d’água

Você já entrou num submarino? A família Tangata já! E posso te dizer: é bem interessante.
Antigamente eu assistia ao seriado “Viagem ao fundo do mar” e ficava imaginando como seria um submarino de verdade. Agora, depois de adulto rolou uma visita a convite da Marinha do Brasil, em Santos, para conhecermos o Submarino Tamoio, o S-31. E aprendi que ao contrário do submarino da televisão, eles não têm todo aquele espaço nem aqueles equipamentos enormes e cheios de luz. Ah, e também não ficam fazendo bip…bip…bip… Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 6 Comentários

Baleia à vistaaaaa!

O avistamento de baleias é mais um motivo para subir a costa leste do Brasil. Durante essa viagem, cruzamos com diversas baleias-jubarte (Megaptera novaeangliae), também conhecida como baleia-preta ou baleia-corcunda (ou ainda baleia-xibarte, baleia-cantora ou baleia-de-bossa), um mamífero marinho da ordem dos cetáceos que vive em mares do mundo todo. Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , ,

Vela estará presente em Feira Ecológica em Sorocaba (SP)

Começa amanhã a ECOFAIR, um evento ligado à ecologia, sustentabilidade e meio ambiente, e que será realizado em Sorocaba, interior de São Paulo. Entre as atividades que acontecem no programa, estão palestras técnicas voltadas ao público empresarial, mas também atividades para o público em geral, concentradas no final de semana. E é nessa programação que eu faço a palestra sobre Turismo Sustentável, falando sobre como velejar abre os olhos (e a cabeça) para a questão da sustentabilidade. Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

Porque você deve fazer o Costa Leste


A primeira edição do que mais tarde viria a ser batizado Cruzeiro Internacional da Costa Leste aconteceu em 1987. A ideia do velejador Newson Campos e de seu amigo Paulo Monteiro era chegar à ilha de Fernando de Noronha. Resolveram, então, chamar os amigos e seguir em flotilha. Newson e Paulo garantiram o sucesso da empreitada organizando a subida pela costa com aproximadamente 20 veleiros. Eles partiram do Rio de Janeiro com destino a Recife, parando em diversos clubes e lugares aprazíveis pela costa. Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , , , | 1 Comentário

Nova imagem revela trajetória de veleiro antes do acidente fatal

Divulgada ainda na semana passada, essa imagem do SPOT traz dados reveladores sobre o acidente do veleiro Aegean, um Hunter de 37 pés (ver post anterior) durante a regata “Newport to Ensenada”. Ao contrário da imagem anterior que mostrava apenas a última posição e uma linha vinda da penúltima, esta mostra vários pontos marcados.
Podemos perceber claramente o SPOT em modo automático, com os pontos equidistantes, o que em geral não acontece quando o modo está em “manual” e o usuário tem que apertar o botão do sinal cada vez que quer marcar um ponto.
A imagem revela pistas do que pode ter acontecido. Testemunhas em um outro veleiro dizem ter ouvido a última mensagem de rádio do Aegean onde a tripulação dizia que estavam numa área “absolutamente sem vento” e que estavam ligando o motor (permitido na categoria). A noite era escura e outro veleiro testemunhou que “a ilha não era visível, somente podíamos ouvir o som do mar no penhasco”. Tudo isso aponta para a possibilidade de apenas um tripulante ter ficado de vigia e ter dormido no cockpit.
Entretanto outras questões permanecem sem resposta: Como o veleiro ficou em pedaços tão pequenos apesar de um choque a 6-7 nós? Porque nada foi achado ainda, em pelo menos duas tentativas de mergulho no local?
É possível que o acidente tenha ocorrido antes (a outra linha de especulação é que um navio tenha “atropelado” o Aegean) e o SPOT tenha ficado boiando ativo em um pedaço dos destroços indo parar na ilha. O mistério ainda continua…

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , ,

Especial Culinária: Pão a bordo

Que tal um pão fresquinho no café da manhã a bordo de seu veleiro? Não sabe fazer? Já tentou e não de certo?
Com essa receita da Dona patroa Diana, você certamente vai se deliciar e aprender a fazer um bom pão, saboroso e que dura bastante a bordo. Vamos lá? Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 6 Comentários

SPOT mostra veleiro acidentado em rota de colisão com ilha

Apesar da especulação em torno do “atropelamento” do veleiro Aegean, um Hunter de 37 pés (ver post anterior) durante a regata “Newport to Ensenada” e que teria sido inclusive confirmado por pelo menos uma testemunha em outro barco, agora surge um novo fato impressionante nas investigações: a imagem gerada pelo SPOT (clique para ampliar) mostra o barco em uma derrota direta para a extremidade norte da ilha “North Coronado”, a uma velocidade de cerca de 7 nós.

A suposta descrição que “parece que ele passou através de um liquidificador”, agora parece não ter tanta consistência assim. Na investigação tambem especula-se se não teria havido uma explosão a bordo quando o veleiro se chocou com as pedras (ver comentário no post de um leitor que antecipou essa possibilidade!).

A pergunta que ficaria então é, como quatro tripulantes experientes liderados por um comandante também experiente em um iate participando de uma regata com mais de 200 outros barcos seguiria em linha reta para bater em uma ilha… Nesse momento há mergulhadores na ilha tentando achar mais destroços submersos, o que explicaria em parte o acidente…

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | 3 Comentários