Expedição Tietê-Paraná – Dia 13

Saímos por volta de 10h da manhã para o que seria nossa penúltima perna da expedição. Seguimos para Pereira Barreto, onde o Tietê faz “esquina” com o canal artificial que nos levará amanhã ao Paraná, em Ilha Solteira. Adiante de onde estamos vamos passar pelo rio São José dos Dourados onde existe ainda uma barragen com eclusa, mas a opção de descer pelo canal de Pereira Barreto foi por causa da infraestrutura, melhor por aqui quase nenhuma por lá.
Chegamos por volta de 15:30h na pousada “Dinâmica das Águas”, com confortáveis chalés de madeira, restaurante, banho quente, enfim, um descanso para os “expedicionários”.
O dia foi de ventos constantes e a turma toda velejou praticamente o trecho todo.
À noite um ônibus vem até a pousada para nos buscar para irmos até a cidade.
Là ouvimos uma palestra do Marcos Chiquiteli Neto, uma figura conhecida em Ilha Solteira como “Pirata da Ilha”. Profesor Dr. do Depto. de Biologia e Zootecnia da Unesp, ele estuda os ventos da região através da universidade no projeto Ondisa, além de desenvolver um trabalho ambiental com as crianças, visando a preservação do local.
Velejador, há muitos anos ele já fez a continuaçao de nossa expedição saindo de Ilha Solteira e chegando na foz do Iguaçú. Em seu novo projeto está a navegação até a foz do Tigre, já na Argentina.
Depois da palestra a Prefeitura Municipal de Pereira Barreto nos ofereceu um jantar japonês. Típico na região, a cidade que é uma estância Turística foi fundada por japoneses que vieram trabalhar na agricultura em 1928.
Nas horas de folga a turma sai para pescar. Vez por outra aparece um tucunaré que após limpo, é frito para delírio do pessoal. Ô vidinha mais ou menos, essa !

Viaje conosco pelo Tietê

Anúncios

Sobre Ricardo Amatucci

Trabalhar com amor, afinco e seriedade. Chegar lá será a consequência!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Expedição Tietê-Paraná – Dia 13

  1. Marcos diz:

    Grande Comandante Ricardo, espero que todos tenham retornado para suas respectivas casas com conforto. Foi um grande prazer conhece-lo melhor e poder compartilhar a perna de Pereira Barreto até Ilha Solteira. Fico esperando as nossas próximas velejadas.
    Grande abraço
    Pirata da Ilha

Os comentários estão fechados.